autoria, edição e produção de Augusto Moura Brito

06
Nov 11

…continuação


De desabafo em desabafo, o gestor e diretor apenas dizia que agora a situação era nova e o que tinha de mudar eram os comportamentos e atitudes de desleixe sempre vividos e tomados por alguns. As orientações de momento, eram novas e quiçá, mais modernas, obedecendo aos padrões do marketing que orientavam e direcionavam o novo pensamento.

Mas nem sempre este comportamento era consentâneo com as situações assumidas. De vez em quando, alguns proferiam que assim esta situação não ia a lado nenhum, porque se viam humilhados e vexados e, se tal não fosse alterado, a instituição fábrica iria à insolvência e muitos postos de trabalho eram totalmente perdidos por este aventureirismo ingénuo, irresponsável e inconsequente.   

Com alterações e recuos, alguns novos passos positivos foram entretanto tomados em face de alguns ruídos recebidos e rapidamente interpretados e decifrados. Era um ar fresco que se expandia sobre alguns…aqueles que muita desconfiança ostentavam e exteriorizavam sobre a ação do diretor e gestor, assegurando assim, ser a melhor das atitudes entretanto desenvolvidas.

Mas, afinal, estes pequenos passos, não foram senão arrepios à sua condição de despótico e intolerante reiterado nas suas ações. Muitos chegaram a pensar que este estava demente ou então passava por uma fase muito difícil. A vida continuou sem saberem afinal para onde íam e quais os objetivos a atingir sendo o abismo a meta que todos avizinhavam e pressentiam. Mas, não era isto porque sempre se esforçaram e combateram! O labor foi sempre aproximarem-se do cimo da pirâmide e lutarem pela primazia do excelente, em prol da evidenciação das melhores competências e excelências dos seus produtos. Nunca foram daqueles que se acomodaram e fossilizaram. O seu orgulho era tamanho!...

Urgia atuar com rapidez e inteligentemente. Era fundamental olharem-no nos olhos e dizer-lhe que os erros cometidos sucessivamente e sem critério, iriam colocá-lo numa situação delicada, pondo em causa toda a identidade até aqui conquistada.

 

 

Augusto Moura Brito

    novembro 2011

                             

…continua!

publicado por sacavem-actual às 16:03

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO